A Sereia

Sereia, que anda no mar
Anda à roda do vapor;
Inda está para nascer
Quem há de ser meu amor.

Sereia que anda no mar
Anda à roda, anda à roda;
Inda está para nascer
Quem há de se minha sogra.

Sereia que anda no mar
Anda à roda sem parar;
Inda está para nascer
Quem há de ser meu par.
CPP-JLV (I-160)

Anúncios

A roupa do meu amor

A roupa do meu amor
Não é lavada no rio:
É lavada no mar alto
à sombrinha do navio.

Não é lavada no rio
A roupa do meu amor:
É lavada no mar largo
à sombrinha do vapor.

CPP-JLV (I-118)

A roupa do marinheiro
não é lavada no rio,
é lavada no mar alto,
à beirinha do navio.

EBVNS-AV (93)