Eu fui ao mar à laranja

Versão da Apúlia, cantada pelo Grupo dos Sargaceiros da Casa do Povo da Apúlia.


Eu fui ao mar à laranja,
à fruta que o mar não tem.
Venho toda molhadinha
das ondas que vão e vêm.

Das ondas que vão e vêm
eu venho admirada
O Olívia, ó Olívia,
eu venho toda molhada.

Eu venho toda molhada,
toda cheia de flores.
O Olívia, ó Olívia,
de falar aos meus amores.

De falar aos meus amores
de falar a quem queria.
Eu venho admirada
das ondas que o mar fazia.

Das ondas que o mar fazia
das ondas que vão e vêm.
Eu fui ao mar à laranja,
à fruta que o mar não tem.
……………………

Eu fui ao mar às laranjas

Eu fui ao mar às laranjas
Coisa que lá não havia;
Eu fiquei admirada
Das ondas que o mar fazia.

Das ondas que o mar fazia
Eu fiquei admirada,
Eu fui ao mar às laranjas,
Vim de lá toda molhada.

CPP-JLV (I-266)
……………….

Cantada por Amália Rodriques

O meu amor, coitadinho…

O meu amor coitadinho,
Anda na praia brincando;
Por amor de uma ondinha,
A maré ia-o levando!

O meu amor, coitadinho,
Anda ao frio, anda à neve:
À semana não no vejo,
Ao domingo não me escreve!
CPP-JLV- (I-147)