Pelo mar abaixo

a)
Pelo mar abaixo
vai um cobertor;
Quem pega e não pega?
Pega o meu amor.

Pelo mar abaixo
vai uma cestinha;
Quem pega e não pega?
Pego eu que é minha.

Pelo mar abaixo
Vai uma panela (tijela)
Quem pega e não pega?
Pega o dono dela.

Pelo mar abaixo
Vai um tinteiro.
Quem pega e não pega?
Pega o meu dinheiro.
(Cinfães)

………………
b)
“Polo” mar abaixo
Vai uma caniça,
Quem acod’ó fogo
Em casa da carriça.

“Polo” mar abaixo
Vai uma canastra.
Quem acod’ó fogo
Em casa da cabaça.
……………
c)
Por o mar abaixo
Vai uma cabaça,
Se ela leva o vinho,
leva toda a graça.

Por o mar abaixo
Vai uma gaivota,
Leva no bico
A tranca da porta.

Por o mar abaixo
Vai uma galinha
Se ela leva ovos,
pitinha pitinha.

Por o mar abaixo
Vai uma raposa,
Leva o rabo aberto,
Não torna p’ra casa.

(Ponte do Lima)
CPP-JLV (I-154-6)

Anúncios

A roupa do meu amor

A roupa do meu amor
Não é lavada no rio:
É lavada no mar alto
à sombrinha do navio.

Não é lavada no rio
A roupa do meu amor:
É lavada no mar largo
à sombrinha do vapor.

CPP-JLV (I-118)

A roupa do marinheiro
não é lavada no rio,
é lavada no mar alto,
à beirinha do navio.

EBVNS-AV (93)