Eu fui ao mar às laranjas

Eu fui ao mar às laranjas
Coisa que lá não havia;
Eu fiquei admirada
Das ondas que o mar fazia.

Das ondas que o mar fazia
Eu fiquei admirada,
Eu fui ao mar às laranjas,
Vim de lá toda molhada.

CPP-JLV (I-266)
……………….

Cantada por Amália Rodriques

Da minha janela à tua

Da minha janela à tua,
do meu coraçao ao teu
vai um mar de saudades
o navegante sou eu.
CPP-JLV (II-24)

Da minha janela à tua
do meu coração ao teu,
podia andar um barquinho:
o navegador era eu.
CM-FCPL

Da minha janela à tua,
Do teu coração ao meu,
Deve andar um barquinho
E o navegante sou eu.
LPCP-JAB p.148

Torradinhas

Torradinhas
Vamos ver a lancha nova,
Vamos ver a lancha nova
Que se vai deitar ao mar,
Que se vai deitar ao mar.

Nossa Senhora vai dentro,
Nossa Senhora vai dentro
E os anjinhos a remar
E os anjinhos a remar.

Coro:
Torradinhas eram com manteiga
Torradinhas eram com manteiga
Para o fastio limão
Para o fastio limão
Assim como sou mansinha,
Assim como sou mansinha,
Também quero mansidão,
Também quero mansidão.

Mandei fazer um relógio,
Das pernas de um caranguejo,
Para contar os minutos
E as horas que tão não vejo.
(…)

LPCP-JAB (126)

Se o mar tivesse varandas

Se o mar tivesse varandas
Como tem de embarcações,
ia ver o meu amor
à praia dos mexilhões.

refrão
Toma lá, dá cá
dá cá, toma lá
o meu coração
arrecada-o já

Se o mar tivesse varandas
nem que elas fossem de pau,
ia ver o meu amor
à praia do bacalhau.

CPD-AC (171)