Eu fui ao mar à laranja

Eu fui ao mar à laranja
Às quatro da madrugada
Para dar ao meu amor,
Ó Rosa,
Numa manhã de geada.

Numa manhã de geada,
Numa manhã de calor,
Eu fui ao mar à laranja
Para dar ao meu amor.

Fonte com pauta
(in Estudos sobre o cante alentejano de António Marvão (1997) p.148 e 151. acessível on line em pdf aqui)
Anúncios

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s